FEIPOL-SUL

FEDERAÇÃO INTERESTADUAL DOS TRABALHADORES POLICIAIS CIVIS DA REGIÃO SUL

AMIGOS E COLEGAS POLICIAIS

ATENÇÃO!

Nosso irmão, o Policial Civil Uilson José dos Santos, foi baleado covardemente em frente a sua casa enquanto estava desarmado e trabalhando nos afazeres domésticos.

Deste ferimento, infelizmente ele sofreu perfurações do intestino e bexiga e seu estado é relativamente estável, mas ainda corre sério risco e necessitará passar por novas intervenções cirúrgicas.

Nossas orações estão com ele para uma pronta recuperação.

Todavia, frente à delicada situação familiar, por ser ele o esteio da família, pela delicadeza que o caso exige, pelos gastos que está tendo com sua família em cidade alheia a qual residem – Chapecó -, pelos gastos diversos que usualmente surgem em situações desta natureza, pela incerteza de que irá usufruir do auxílio saúde, pela quase certeza da perda da famigerada indenização, entre outras dificuldades burocráticas, CONCLAMAMOS a todos os colegas, aqueles que puderem e quiserem ajudar o nosso irmão Uilson com suas orações e principalmente com doações para a família nesse momento calamitoso, que o façam.

Leia mais...

O Supremo Tribunal federal (STF) suspendeu, nesta terça-feira (10), a liminar do TJ/RS que determinava a remoção imediata dos presos das carceragens das delegacias do estado. A decisão atendeu um recurso da PGE (Procuradoria Geral de Estado), contra a Ação do Ministério Público Estadual, acatada pelo Tribunal de Justiça do Estado.

A decisão foi tomada pela presidente do STF, Ministra Carmen Lúcia. A liminar que foi revogada, determinava a imediata remoção dos presos, com aplicação diária de R$ 2mil por delegacia que continuasse com presos por mais de 48 horas, em caso de descumprimento da decisão. É importante lembrar, que a decisão do TJ/RS apenas exigia que o governo Sartori/PMDB cumprisse a lei.

Leia mais...

A edição desta segunda-feira (9) do Jornal Zero Hora, traz mais uma matéria especial sobre a violência no RS. O título “A capital onde a morte virou rotina”, fala de Porto Alegre e o aumento da violência nos últimos seis anos. São 778 mortes, somente em 2016, número 27,7% superior ao ano de 2015. Se comparado com o ano de 2011, corte temporal escolhido pelo jornal, o aumento chega a 88,4%. Muitos outros números são levantados na detalhada matéria do jornal do grupo RBS.

A reportagem faz um esforço para tentar explicar a explosão desses números. O principal foco são as chamadas facções criminosas que estão transformando a cidade em um verdadeiro campo de guerra. No texto, é feita uma descrição detalhada da forma de atuação dessas facções, ressaltando-se que elas não encontram obstáculos para sua atuação. A ação governamental também é citada na matéria. Um trecho diz que os policiais estão em compasso de espera por possíveis investimentos para o combate a homicídios. Em outro trecho, é citada a atuação da Força Nacional de Segurança que chegou à Capital para auxiliar no policiamento ostensivo. Além, dos 25 agentes e um delegado que vieram de outros estados para auxiliar na investigação de homicídios. Todas essas ações são da esfera federal.

Leia mais...

O governo Sartori/PMDB já começa a acusar o golpe da mobilização contra o Pacote. Nesta sexta-feira (6), foi noticiado que existe um racha dentro do núcleo duro do governo Sartori/PMDB. Uma das divergências estaria na data da convocação extraordinária para votação do restante do Pacote de Maldades. Um setor, representado pelo secretário da Fazenda Giovane Feltes e o próprio Sartori, defende a convocação já para o dia 24 de janeiro. Outro setor, composto pelo Chefe da Casa Civil, Marcio Biolchi, e o Secretário Geral do governo, Carlos Búrigo, defende que a convocação seja adiada para o fim do mês. O argumento de Biolchi é que, caso a convocação aconteça no dia 24, o governo corre um sério risco de nem mesmo alcançar o quórum necessário. Biolchi

Setores do governo já falam em derrota em todas as PECs

Leia mais...

Delegacia Regional da Polícia Civil de Joinville, em parceria com a ONG Criança Desaparecida, realiza uma campanha de prevenção ao desaparecimento de crianças pelo Litoral Norte de Santa Catarina.

Durante a Operação Veraneio, até março, uma delegacia móvel está circulando pelas praias de Balneário Barra do Sul, Itapoá e São Francisco do Sul para entregar cartazes de conscientização e pulseiras de identificação para as crianças. O veículo está presente nas praias nas sextas-feiras, sábados e domingos, cada dia em uma cidade diferente.

Segundo Renato Carneiro do Amaral, criador da ONG Criança Desaparecida, a campanha foi implantada em 2010, mas este é o primeiro ano com a presença de um veículo próprio para o projeto. Com pelo menos seis anos de trabalho de conscientização, o policial explica que ainda há muitos casos de desatenção.

Leia mais...

O Senado Federal disponibiliza em seu site – Sugestão Legislativa, uma iniciativa para que qualquer brasileiro possa sugerir ideias para debates no Congresso Federal.

Uma das ideias que precisa de apoio pede a Isenção de Imposto de Renda e Imobiliário para Policiais. Proposta pelo curso de Formação/PR, a ideia consta com quase 12 mil votos favoráveis, sendo que precisa de 20 mil até 11/02/2017 para se tornar uma sugestão de debate entre os senadores.

Para votar visite o seguinte endereço na página do senado:

https://www12.senado.leg.br/ecidadania/visualizacaoideia?id=61576

O policial civil, Uilson José dos Santos, da DPMu de Timbó Grande, na manhã do último sábado (7), foi vítima de tentativa de homicídio, quando estava pintando sua casa na cidade de Campos Novos. Duas pessoas em uma motocicleta passaram pela casa do policial e realizaram os disparos, sendo que um acertou a vítima.

O policial foi atingido na perna. Depois da ação criminosa a dupla fugiu e não ainda não foi localizada. Um dos suspeitos já teria sido identificado. Santos foi socorrido pelo irmão, levado ao Hospital Dr.José Athanásio onde passou por cirurgia, mas não corre risco de morte.

Na manhã de domingo (8) foi transferido para um hospital de Chapecó. A transferência foi feita com auxílio do helicóptero do SAER/FRON da Polícia Civil com apoio da equipe médica do SARA e SAMU. Segundo as últimas informações o estado de saúde do policial é estável, mas devido a uma perfuração no intestino os médicos decidiram transferi-lo a um centro de saúde maior.

Leia mais...

Eleito presidente da Câmara de Vereadores, o policial civil Lucas Sernajoto (PMDB) assumiu interinamente a prefeitura de Abelardo Luz, Oeste de Santa Catarina, no domingo, 1º de janeiro. O vereador assumiu a chefia do Executivo,  em cumprimento a decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que indeferiu a candidatura do prefeito eleito Nerci Santin e do vice Cleomar Finger, eleitos no dia 02 de outubro do ano passado com 61,89% dos votos válidos.

Lucas Sernajoto é de família camponovense, tem 42 anos, é casado e pai de duas filhas. Ele é policial civil e iniciou sua carreira em Campos Novos sendo transferido mais tarde e foi eleito vereador pelo PMDB com 501 votos.

Leia mais...

Com os sistemáticos atrasos no pagamento dos salários e 13º dos servidores, o Sinpol-RS orienta toda a categoria a  NÃO PARTICIPAR de operações policiais fora do horário de expediente até que o Governo cumpra o dispositivo constitucional que obriga o Estado a pagar os salários aos seus servidores até o último dia útil do mês.

A DECISÃO É SUA, ESTAMOS AQUI PARA APOIÁ-LO!

No dia 20 de dezembro, o suposto secretário de Segurança Pública do RS, Cezar Schirmer, declarava que a agressão do Batalhão de Choque aos servidores, entre eles policiais civis, que protestavam pacificamente na Praça da Matriz, tinha sido feita com seu apoio e consentimento. Quinze dias depois, nesta quarta-feira (4), um grupo de assaltantes promoveu um arrastão em um ônibus na Vila Cruzeiro, Zona Sul de Porto Alegre. Após assaltar os passageiros, os assaltantes ordenaram que todos descessem e colocaram fogo no veículo.

Não é a primeira vez que ônibus são incendiados durante o governo Sartori/PMDB. No ano passado, vários veículos foram incendiados, causando, inclusive, a interrupção na circulação dos coletivos. Desta vez, o suposto secretário de Segurança Pública, Cezar Schirmer, não foi até os meios de comunicação para dar declarações desastradas. Preferiu se recolher e não comentar o assunto. Mas seria o caso de perguntar: quem se responsabiliza pela segurança da população gaúcha?

Leia mais...

Na manhã desta quinta-feira (05), as entidades que representam os servidores públicos estaduais se reuniram, na sede do CPERS, para discutir a mobilização contra a aprovação do Pacote do governo Sartori/PMDB. Estavam presentes, além da UGEIRM, representantes do CPERS (sindicato dos professores estaduais), SEMAPI (sindicato das Fundações Estaduais), trabalhadores da CEE, SINTERGS, AMAPERGS e SINDET (sindicato dos trabalhadores do DETRAN).

Leia mais...

O Conselho de Representantes da UGEIRM se reuniu, na tarde desta terça-feira (03), para preparar a mobilização dos policiais contra o Pacote do Sartori e o parcelamento dos salários. Na convocação extraordinária, que acontecerá provavelmente no dia 24 de janeiro, serão votadas as PECs que legalizam o parcelamento dos salários e do 13º, a privatização das estatais e o ataque aos sindicatos.

Na reunião, a avaliação unânime foi de que é necessário radicalizar as ações que já vêm sendo encaminhadas pela UGEIRM.

Veja, abaixo, as principais deliberações da reunião:

Leia mais...

A ministra Carmen Lúcia, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), concedeu liminar suspendendo várias decisões do Tribunal de Justiça do RS, que determinava o pagamento do 13º a diversas categorias do serviço público estadual. A alegação da ministra, para suspender as decisões, é de que o governo “apresentou documentos suficientes para comprovar sua situação de dificuldade financeira, indicando que o pagamento implicaria descumprir as demais obrigações com os cidadãos”, conforme consta no site do STF.

Leia mais...

Amigos filiados. A partir do próximo dia 2 de janeiro de 2017, começa a funcionar o novo telefone do Consultório Odontológico do Sinclapol. Para agendar horários ou tirar dúvidas com o Dr. Audry e Dra. Uhaila, ligue (41) 3079-7570. Gratos pela atenção e Feliz Ano Novo.

 

Nas horas "mortas" da madrugada, enquanto a imensa maioria dos cidadãos usufrui de seu merecido repouso, alguns velam a madrugada, num combate feroz contra impunidade, as drogas e acima de tudo a morte. Em meio a reclamações, desespero e agonia, exercitamos o duro ofício de fazer cumprir a ordem, a lei, dar alívio, resgate e, quando necessário, consolo.

Pagamos um preço elevado: envelhecemos mais cedo, nosso sono é desregulado, a alimentação desregrada, o estresse elevado. Nossas famílias se privam de nossas presenças, nossas camas ficam vazias. Ostentamos elevados índices de distúrbios orgânicos e emocionais pelo rigor de nossas batalhas.

Mas escolhemos este caminho por amor à vida. Sabíamos que seria difícil e desgastante. E, embora alguns destoem de nossos ideais e nos envergonhem com suas posturas e condutas, a esmagadora maioria luta suas pelejas com devoção e dignidade.

Leia mais...

VITÓRIA! Nas ruas e nos tribunais! A luta se faz no dia a dia, para além dos factóides!! Esse é mais um passo para que se faça justiça e se corrija o estrago promovido pelo governo farsante do PMDB!

Ugeirm garante ressarcimento aos associados que utilizaram a linha de crédito de antecipação do 13º salário

É com grande satisfação que a Ugeirm Sindicato, por meio do Bergamaschi Advogados Associados, comunica aos seus associados que o Poder Judiciário deferiu o pedido da entidade e determinou que o valor descontado – referente à antecipação do 13º salário, seja ressarcido pelo Banrisul em, no máximo, 15 dias, sob pena de bloqueio correspondente.

Conforme o advogado Luís Bergamaschi do Bergamaschi Advogados Associados, representante da Ugeirm Sindicato, foi movida ação judicial que visa fazer com que o Banrisul devolva aos associados do Sindicato que utilizaram a linha de crédito de antecipação do 13º salário, o desconto efetuado em 20 de dezembro.

Leia mais...

A UGEIRM está convocando uma reunião do seu Conselho de Representantes para a próxima terça-feira (03), às 14 horas. A reunião fará uma avaliação da mobilização dos Policiais Civis contra o Pacote do governo Sartori/PMDB e o parcelamento de salários e do 13º.

Porém, os policiais já estão mobilizados contra mais esse parcelamento. De acordo com decisão tomada em Assembleia Geral no dia 13 de dezembro, com a presença de mais de três mil policiais na frente do Palácio da Polícia, foi decidido o boicote às Operações Policiais e a radicalização da Operação Padrão. Desde esse dia, as Operações Policiais foram paralisadas. Vários colegas já comunicaram, formalmente, que não participarão das mesmas, enquanto durar o parcelamento e não for integralizado o pagamento do 13º salário. A partir dessa semana, outras providências estão sendo tomadas, como a entrega das chaves das viaturas e dos telefones funcionais, além da solicitação da presença do SAS nas cidades, afim de avaliarem o grau elevado de stress dos Agentes, causado pelos ataques do governo.

Leia mais...