FEIPOL-SUL

FEDERAÇÃO INTERESTADUAL DOS TRABALHADORES POLICIAIS CIVIS DA REGIÃO SUL

Na data de 30 de outubro de 2018 as 9h da manhã estivemos em reunião com o senador eleito Flávio Arns, e com todos os membros da UPB, na sede da PRF, na reunião tivemos a oportunidade de parabenizá-lo pela vitória nas eleições desse ano, mas tbm de receber os agradecimentos pelo apoio das instituições!

Tivemos também a oportunidade de ja comecar a trabalhar essa parceria, apresentamos as nossas reivindicações mais relevantes e importantes sobre segurança pública.

Leia mais...

O Sindicato dos Policiais Civis de Santa Catarina (SINPOL-SC), parabeniza a eleição do presidente Jair Messias Bolsonaro (PSL), e do Governador de Santa Catarina, Carlos Moisés da Silva (PSL), que terão a nobre missão de chefiar o Poder Executivo pelos próximos 4 anos, a partir de janeiro de 2019.

O eleitor catarinense optou em renovar a política, nacionalmente 76% votaram em Bolsonaro e para governador 71.09% dos votos válidos elegeram Comandante Moisés. Na Assembleia Legislativa houve uma renovação de 55% dos deputados estaduais.

Nesse novo horizonte, Segurança Pública é um tema fundamental para a sociedade catarinense. O SINPOL-SC deseja sabedoria, discernimento e coerência nessa difícil tarefa. Colocamo-nos a disposição para contribuir na melhoria da Segurança Pública de Santa Catarina. Parabéns pela lisura durante a campanha e que ela seja um dos pilares na gestão 2019/2022.

O Sinpol RS vem a público parabenizar a plena execução da democracia exercida no último domingo (28), o povo elegeu um novo governador para o nosso estado e um novo presidente para o nosso país. A democracia foi exercida em sua plenitude.

Para o estado do Rio Grande do Sul, foi eleito o candidato Eduardo Leite (PSDB) que surgiu com propostas de valorização da segurança pública e regularização dos salários dos servidores públicos ainda no primeiro ano de mandato. Nesta manhã, em entrevista à Rádio Gaúcha o futuro governador reiterou seu compromisso com o funcionalismo e principalmente com a segurança pública, fazendo críticas a mera reposição de vacância, em que apenas os cargos que ficarem vagos devem ser preenchidos nas policias, sugerida no Plano de Recuperação Fiscal. O candidato considera que: “Na área de segurança pública nós entendemos que não basta repor cargos vagos, precisamos incrementar efetivos para poder prestar um serviço de segurança melhor à sociedade gaúcha.” Felicitamos o candidato por sua vitória e desejamos veementemente que os compromissos firmados em campanha sejam cumpridos.

Leia mais...

Infelizmente, essa notícia já está virando rotina. Na noite desta quarta-feira (24), oito presos tentaram fugir das celas da DPPA de São Leopoldo, na região metropolitana. Os presos já haviam rompido as grades, barras de ferro e danificado os cadeados, antes de serem contidos pelos agentes que estavam no plantão. O objetivo deles eram alcançar os fundos do prédio para, assim, alcançarem as ruas. Após serem capturados, os presos foram colocados em viaturas, estacionadas no pátio da delegacia, onde permaneceram sob custódia de policiais civis e militares. Policiais civis de Porto Alegre foram deslocados para o local, afim de ajudar no controle da situação.

Por conta da tentativa de fuga, os atendimentos do plantão da madrugada foram suspensos, sendo retomado de forma parcial pela manhã, pois alguns policiais tiveram de ficar fazendo a custódia dos presos.

Sindicato já havia denunciado a falta de condições da DPPA de São Leopoldo

Leia mais...

Após a Polícia Civil encontrar o corpo da menina Eduarda Herrera, de 9 anos, nesta segunda-feira (22), uma onda de protestos e ameaças foi desencadeada em Porto Alegre. A criança foi raptada na noite de domingo (21), na frente da casa onde morava, no bairro Rubem Berta, e foi encontrada sem vida na manhã de segunda-feira, dentro do Rio Gravataí, às margens da RS-118, em Alvorada.

Na noite de segunda-feira, centenas de moradores bloquearam a Avenida Protásio Alves, no limite entre as cidades de Porto Alegre e Viamão. Na terça-feira (23), os moradores voltaram a bloquear a via, causando grande retenção do trânsito. Porém, o mais grave aconteceu na 18ª Delegacia de Polícia de Porto Alegre, no bairro Mario Quintana. Dezenas de moradores cercaram a delegacia, chegando a quebrar os vidros do prédio, quando se espalhou pelo bairro um boato de que o sequestrador de Eduarda estaria preso nas dependências da DP. Outra situação que tem preocupado a polícia, é a onda de postagens em redes sociais, com acusações falsas de possíveis assassinos de Eduarda. Um morador de Canoas chegou a registrar ocorrência sobre uma série de ameaças que vem sofrendo, desde que uma foto sua passou a circular com uma comparação com o retrato falado divulgado pela Polícia.

Leia mais...

A UGEIRM participou, nesta segunda-feira (22), de um encontro com a candidato a governador pelo PSDB, Eduardo Leite e do seu candidato a vice, delegado Ranolfo (PTB). O encontro foi promovido pela ASDEP e também contou com a participação de outras entidades da segurança pública gaúcha. Aproveitando a oportunidade, a UGEIRM, junto com o SINPOL-RS, entregou ao candidato um documento com uma série de reivindicações dos policiais civis gaúchos. Entre elas, a garantia da manutenção da paridade e da integralidade das aposentadorias policiais, o fim dos atrasos de salários, a realização de concursos públicos periódicos, a publicação das Promoções nas datas acertadas e a retirada dos presos das carceragens das delegacias gaúchas.

O candidato Eduardo Leite recebeu as propostas e se comprometeu a valorizar a segurança pública, pois, nas suas palavras, “a segurança é primordial”.

Dando prosseguimento à mobilização para reverter os sobrestamentos das aposentadorias policiais pelo TCE (tribunal de Contas do Estado), a direção da UGEIRM, junto com o SINPOL e a ASDEP, reuniu, nesta segunda-feira (22), com o Conselheiro do Tribunal, Alexandre Postal.

Os representantes das entidades iniciaram a reunião fazendo uma exposição da situação das aposentadorias policiais, que vêm sendo sobrestadas pelo TCE desde junho deste ano. A justificativa para as decisões do Tribunal, é o julgamento da ADI 5039/RO pelo STF (Supremo Tribunal Federal), que questiona a paridade e a integralidade das aposentadorias policiais. A UGEIRM argumentou com o Conselheiro, que existe uma lei em vigência, que garante a aposentadoria policial. Portanto, não existe motivo para que o TCE suspenda a homologação das aposentadorias policiais. Diante disso, o pleito das entidades é que as aposentadorias sigam sendo homologadas, até que a questão tenha uma decisão definitiva do Supremo Tribunal Federal.

Leia mais...

Desde 2014, o governo do estado vem deixando de pagar a ajuda de custo aos Policiais Civis nomeados. Este benefício deveria ser pago antecipadamente aos servidores lotados em regiões diferentes da sua origem. Os valores visam cobrir custos de viagens, novas instalações, transferência, entre outros. A UGEIRM, inclusive, já ajuizou ação buscando o pagamento dos valores devidos a esses policiais. Nesta semana, o sindicato recebeu a informação de que o governo pretende pagar os valores devidos aos formados a partir de 2016. Desconsiderando os valores devidos à turma de 2014.

Ao receber essa informação, a direção do sindicato e seu departamento jurídico foram em busca de maiores informações, que justificassem essa postura do governo do estado. A informação obtida, foi de que, realmente, há determinação da Direção Geral para pagamento do direito à ajuda de custo somente aos Policiais Civis nomeados nos anos de 2016 e 2017. Quanto aos policiais formados em 2014, a informação é de que continuam sem previsão de pagamento.

Leia mais...

Caros colegas,

Na tarde da última quinta (18), seguindo a rodada de encontros com os postulantes ao cargo de Governador do Estado de Santa Catarina, representantes do SINPOL-SC (Sindicato dos Policiais Civis do Estado de Santa Catarina) e da ADEPOL-SC (Associação dos Delegados de Polícia do Estado de Santa Catarina), se reuniram com o candidato Gelson Merísio.

Na oportunidade, os integrantes da Polícia Civil externaram ao candidato os seus pleitos acerca dos seguintes temas: recomposição do efetivo da Polícia Civil, aposentadoria especial, promoção automática, recomposição das perdas inflacionárias e incorporação da IRESA.

O prezado candidato informou aos presentes que, caso eleito, a segurança pública será prioridade no seu governo e atenderá aos anseios das categorias. O candidato do PSL ao Governo do Estado de Santa Catarina, Comandante Moisés, também foi convidado pelas associações a comparecer e debater assuntos atinentes à segurança pública e se comprometeu a, assim que possível, viabilizar o encontro.

Investigação apurou que quadrilha de Porto Alegre tentava se instalar em região dominada por outro grupo

A Polícia Civil realizou entre o final da manhã e o início da tarde desta segunda-feira (22) uma operação no Vale do Sinos contra uma facção criminosa de Porto Alegre. Segundo a investigação, o grupo estaria tentando se instalar na região dominada por outra organização criminosa. Até as 12h40min, nove suspeitos foram presos em uma ação realizada em quatro cidades da região e em uma do Vale do Caí.

Leia mais...

Polícia Civil já contabiliza 15 prisões e o valor de R$ 500 mil em entorpecentes apreendidos em três cidades gaúchas

A Polícia Civil desarticulou um esquema internacional de drogas sintéticas que envolvia uma quadrilha do Rio Grande do Sul. O grupo recebia principalmente ecstasy e LSD da Holanda, via intermediários da região Sudeste e Centro-Oeste do Brasil, para depois embalar e revender os entorpecentes pelos Correios para outros 10 Estados e o Distrito Federal, envolvendo 27 cidades do país. A polícia contabiliza 15 prisões. 

Leia mais...

Mandados judiciais foram cumpridos em Farroupilha, São Miguel das Missões, Eugênio de Castro, Cerro Largo e Santa Maria 

A Polícia Civil realizou na manhã desta quarta-feira (26) uma operação em cinco municípios gaúchos para prender integrantes de uma quadrilha responsável pelo ataque com explosivos ao Banco do Brasil de Canguçu, no sul do Estado, em julho deste ano. Na ocasião, os bandidos deram vários tiros para o alto em frente à agência, provocaram um apagão em parte da cidade e incendiaram veículos na fuga, inclusive um caminhão, para prejudicar as buscas da polícia. 

Leia mais...

Cerca de 200 policiais cumprem 16 mandados judiciais com apoio de dois helicópteros e de cães farejadores

Uma operação conjunta da Polícia Civil e da Brigada Militar (BM), com apoio do Ministério Público (MP), foi desencadeada na manhã desta terça-feira (11) contra o tráfico de drogas e a guerra de facções na Restinga, zona sul de Porto Alegre. Ao todo, cerca de 200 policiais cumprem 16 mandados judiciais com apoio de dois helicópteros e de cães farejadores, inclusive com barreiras e uso de drones.  

Cinco pessoas foram presas, duas delas apontadas como líderes de facção criminosa, a mesma que em 2015 pichou o muro do Foro Regional da Restinga. Os nomes dos presos não foram divulgados por que a investigação continua. Foram apreendidos documentos, drogas e uma moto. 

Leia mais...

Agente foi atingido por um tiro de raspão no olho e foi levado para um hospital em Porto Alegre

Um inspetor da Delegacia de Homicídios de Viamão, na Região Metropolitana, foi baleado durante o cumprimento de um mandado de busca e apreensão no bairro Augusta, na manhã desta terça-feira (28). Conforme a Polícia Civil, o agente, de 39 anos, foi atingido por um tiro de raspão no olho direito e foi levado para o hospital da PUC, em Porto Alegre. 

Leia mais...

Ofensiva está relacionada com incêndio que terminou com a morte de detento

A Polícia Civil deflagrou, na manhã desta segunda-feira, uma operação relacionada a um incêndio ocorrido em março e que terminou com a morte de um detento e deixou outros 42 presos feridos no Presídio Estadual de Dom Pedrito. A ofensiva, chamada de Inferno de Dante, deve cumprir 30 mandados de prisão preventiva e quatro mandados de busca e apreensão em penitenciárias das cidades de Dom Pedrito, Bagé, Caxias do Sul, Pelotas, Rosário do Sul, São Borja, São Gabriel e Montenegro. 

Leia mais...

Ação combate interiorização de grupo criminoso nas regiões Noroeste, no Vale do Sinos e em Santa Catarina e reúne cerca de 300 policiais


A presença violenta de uma facção em cidades do interior do Rio Grande do Sul é alvo de operação da Polícia Civil na manhã desta terça-feira (24). São cumpridos mais de 100 mandados de prisão e de busca em 22 cidades gaúchas e uma catarinense. A ação pretende atingir os elos deste grupo especialmente na Região Noroeste, onde a polícia vem percebendo o aumento do tráfico de drogas e da violência empregada pelos criminosos. No Ao total, 45 pessoas foram presas.

A Operação Android foi desencadeada a partir de uma força-tarefa, coordenada pela Delegacia Regional de Três Passos, que tenta desmantelar ações relacionadas ao tráfico de drogas e outros crimes, como homicídios e roubos, praticados por integrantes da facção Os Manos, com sede no Vale do Sinos.

Leia mais...