FEIPOL-SUL

FEDERAÇÃO INTERESTADUAL DOS TRABALHADORES POLICIAIS CIVIS DA REGIÃO SUL

A direção da UGEIRM esteve, nesta quarta-feira (11), no município de David Canabarro para discutir com os(as) policiais civis de toda região. A reunião teve a participação de policiais do próprio município e das cidades de Ciríaco, Casca, Nova Alvorada e Serafina Correia.

Entre os assuntos tratados na reunião, o mais grave para os(as) Agentes, no momento, é a questão do sobreaviso. As delegacias dessas cidades atendem vários outros municípios da região. Ciríaco, por exemplo, atende também a população do município de Muliterno; Serafina atende a cidade de Montauri e os(as) policiais de Casca, por sua vez, atendem também os municípios de São Domingos, Vanini, Santa Gema e Santo Antônio do Palma. Esse excesso de municípios sob a responsabilidade dos(as) Agentes dessa cidade, somado ao déficit de pessoal, tem causado uma grande sobrecarga, obrigando esses(as) policiais a trabalharem sob o regime de sobreaviso.

No entanto, de acordo com os(as) policiais, a escala de sobreaviso tem sido responsável por um grande stress, com excesso de trabalho e a impossibilidade de que eles(as) desfrutem de forma satisfatória do período de descanso a que tem direito. Uma das soluções discutidas, seria a reabertura da DPPA no município de Marau, que ficaria responsável pelo atendimento à população de vários municípios. Isso diminuiria a demanda das outras DPPAs da região, possibilitando o fim do sobreaviso.

Além da questão do sobreaviso, os(as) policiais também debateram a mobilização contra o atraso de salários, as ameaças à aposentadoria especial e as eleições de outubro. Sobre esse último assunto, os(as) policiais salientaram a necessidade de que a categoria fique bem atenta aos nomes que se apresentarão ao pleito. É fundamental que sejam eleitos candidatos, tanto para o Executivo como para o parlamento, claramente comprometidos com o serviço público e a reconstrução da segurança pública no nosso estado. Para isso, é necessário que os(as) policiais observem a atuação desses candidatos no último período, em particular o posicionamento em relação às propostas de desmonte do serviço público, apresentadas pelo governo Sartori/MDB.