FEIPOL-SUL

FEDERAÇÃO INTERESTADUAL DOS TRABALHADORES POLICIAIS CIVIS DA REGIÃO SUL

Ofensiva está relacionada com incêndio que terminou com a morte de detento

A Polícia Civil deflagrou, na manhã desta segunda-feira, uma operação relacionada a um incêndio ocorrido em março e que terminou com a morte de um detento e deixou outros 42 presos feridos no Presídio Estadual de Dom Pedrito. A ofensiva, chamada de Inferno de Dante, deve cumprir 30 mandados de prisão preventiva e quatro mandados de busca e apreensão em penitenciárias das cidades de Dom Pedrito, Bagé, Caxias do Sul, Pelotas, Rosário do Sul, São Borja, São Gabriel e Montenegro. 

A operação quer combater crimes de homicídio, tentativa de homicídio, organização criminosa, incêndio criminoso e dano ao patrimônio público. Celulares, carregadores, facas e facões artesanais foram apreendidos durante a operação de hoje.

A ação conta com o apoio do Grupamento de Operações Especiais da Polícia Civil (GOE), agentes do Grupo de Ações Especiais da Susepe (Gaes), Brigada Militar, Corpo de Bombeiros, Secretaria de Saúde de Dom Pedrito, totalizando cerca de 200 agentes públicos, nas cinco cidades onde a operação está em andamento.