FEIPOL-SUL

FEDERAÇÃO INTERESTADUAL DOS TRABALHADORES POLICIAIS CIVIS DA REGIÃO SUL

A UGEIRM recebeu, no início da noite nesta terça-feira (21), a visita do candidato a governador pelo PT, Miguel Rosseto. O debate faz parte de uma série de encontros que o sindicato está promovendo com os candidatos ao governo do estado nas eleições de outubro deste ano. O objetivo é conhecer as propostas dos candidatos em relação, principalmente, à segurança pública e o serviço público gaúcho, apresentar o programa da UGEIRM para a segurança pública e solicitar aos candidatos um compromisso com pontos específicos que atingem diretamente os policiais civis.

Auditório lotado para debater as propostas ao governo do estado

O Auditório da UGEIRM ficou pequeno para a quantidade de policiais civis que foram à sede do sindicato para debater as propostas de Miguel Rosseto para o governo do estado. Muitos(as) assistiram a apresentação das propostas em pé.

Logo no início do debate, o diretor da UGEIRM, Cládio Wohlfhart, informou que aquele era o primeiro encontro e que todos os candidatos já haviam sido convidados para apresentar suas propostas aos policiais civis. Cládio salientou que, infelizmente, a Assessoria do Governador Sartori, candidato à reeleição, já respondeu, informando que não comparecerá à UGEIRM para debater com os policiais civis. Os outros candidatos estão acertando suas agendas para atender o convite da UGEIRM.

Compromisso com o fim do atraso dos salários dos servidores

Ao início da sua explanação, Miguel Rosseto saudou a UGEIRM, salientando a importância do sindicato na defesa dos (as) policiais civis nos últimos quatro anos, período de intenso ataque aos servidores públicos. O candidato também lembrou a importante atuação do sindicato nos quatro anos do governo Tarso Genro e, particularmente, na negociação da implantação da Tabela de Subsídios da Polícia Civil.

Durante a apresentação das suas propostas, três pontos foram destacados pelo candidato: o compromisso com o fim do atraso de salários dos servidores, o fim das operações policiais midiáticas e a solução para a permanência de presos nas carceragens das delegacias. Rosseto também se comprometeu em instituir um diálogo permanente com a UGEIRM, com a finalidade de implantar uma política de segurança pública capaz de fazer frente ao grande aumento da violência registrado nos quatro anos do governo Sartori.

Para encerrar o debate, o presidente da UGEIRM, Isaac Ortiz, entregou a Miguel Rosseto o programa para a Segurança Pública, elaborado pela UGEIRM, com a participação do seu Conselho de Representantes. Ortiz elencou nove pontos que considera fundamentais para a categoria: Instituição da data-base do serviço púbico; assento dos agentes no CSP; garantia da paridade e integralidade da aposentadoria policial; retirada de todos os presos das carceragens das delegacias; novo Plano de Carreira para os policiais civis; elaboração de um novo estatuto da polícia civil; garantia das promoções; combate ao Assédio Moral e a valorização do IPE público, com a manutenção da sua qualidade.

O debate com Miguel Rosseto teve transmissão ao vivo pela página da UGEIRM no Facebook. Os vídeos continuam disponíveis na página, para os(as) policiais que quiserem conferir a íntegra da apresentação do candidato. O endereço é https://www.facebook.com/ugeirm.sindicato