FEIPOL-SUL

FEDERAÇÃO INTERESTADUAL DOS TRABALHADORES POLICIAIS CIVIS DA REGIÃO SUL

Causou estranheza à direção do Sinpol RS, o envio do Email nº 016/2018 - Operação Verão (Serra) endereçado a delegados e agentes da Polícia Civil do RS nesta segunda-feira (01/09). No referido documento digital, é informada a abertura das inscrições para a Operação Verão 2018/2019. Aos interessados, são comunicados os locais da Operação Serra e, pasmem, que não serão distribuídas munição para os policiais civis envolvidos na mesma. O email é assinado pelo delegado Fernando Sodré de Oliveira, diretor do DPI (Departamento de Polícia do Interior) e coordenador da Ooperação Verão 2018/2019.

A entidade sindical repudia a forma como o Governo Sartori pretende organizar essa importante Operação policial, que envolve centenas de profissionais da segurança, que terão de pagar do próprio salário parcelado um equipamento básico de trabalho como a munição para as suas armas. E a população como aproveitará as férias sabendo que os guardiões de sua segurança estão, eles próprios, sem segurança para trabalhar? 

O fornecimento de munição é obrigatório e tem por finalidade proteger a vida do policial e do cidadão de bem. Pense antes de se inscrever, sua vida estará correndo risco, afirmou o presidente do Sinpol RS, Emerson Ayres. 

NOTA DE ESCLARECIMENTO DA CHEFIA DE POLÍCIA

Diante da publicação na página eletrônica do Sindicato dos Servidores da Polícia Civil – Sinpol, na data de hoje, com o título “Governo Sartori avisa que não dará munição para policiais que trabalharem na Operação Verão”, cumpre à Chefia de Polícia esclarecer que não haverá qualquer suspensão na distribuição de munição para os Policiais Civis.

O Departamento de Polícia do Interior – DPI, através e-mail 16/2018, informou a abertura do prazo para inscrição na Operação Verão – Serra e, no mesmo documento, que não haveria distribuição de munição. Ocorre que o DPI não é o responsável pela distribuição de munição, que é feita pelo Departamento de Administração Policial – DAP, através da Divisão de Armas, Munições e Explosivos. Importante destacar o DPI não distribuiu munição aos servidores que participaram das edições anteriores da Operação Verão. De outra parte, o fato de o DPI não ser o responsável pela distribuição de munição não significa que não haverá munição, mas que todos os policiais civis, independentemente de participação na Operação Verão, receberão munição por solicitação dos órgãos em que estão lotados, quando houver necessidade.